“Professor” por um dia

O campeonato de futebol Dente de Leite do clube pode até ser lúdico, mas também é um negócio super organizado: as crianças têm treinos táticos, técnicos e até coletivos. Nesta semana teve treino e um coletivo com a garotada do América, como preparação para a rodada do próximo fim de semana, na qual o time do João enfrentará o Madureira.

O treino estava marcado para as sete e dez da noite, e às sete horas eu já estava lá, esperando pelo João Guilherme, que vinha de casa com a Fê. Ainda havia poucas crianças, que brincavam no campinho de grama sintética impecável enquanto resto do time não chegava. Foi quando eu recebi uma mensagem pelo WhatsApp: era o técnico, que estava avisando aos pais que estava atrasado e não sabia quando chegaria no clube. No fim, o pedido (e o susto): “Edu, me ajuda nessa?”

Levou uns instantes para eu realizar quem era o “Edu”. Ih, rapaz, eu, técnico do time das crianças? E agora? Fiquei um pouco assustado, mas era uma oportunidade que eu não podia perder. Procurei o técnico do América, que já estava iniciando o trabalho de aquecimento dos meninos dele e me apresentei, explicando que o técnico do time do João estava atrasado e tinha me pedido para substituí-lo. Ele, então, me avisou para reunir os garotos e fazermos um treinão técnico antes do coletivo.

Chamei a molecada e expliquei que o técnico ainda não tinha chegado e que eu ficaria no lugar dele. Falei quais atividades nós faríamos no treino e que depois haveria um joguinho amistoso com a turma do América. Tudo legal, mas havia uma criança que estava desconcertada com tudo aquilo.

João Guilherme parecia pasmo. Enquanto as crianças se organizavam para a prática, ele, incrédulo, veio falar comigo.

– Pai, você vai ser o nosso técnico?

– Vou, João, mas é só hoje, só porque o técnico não conseguiu chegar na hora do treino.

Mas pai, você vai ser o meu técnico?!

Qual é o problema, João? Não precisa ficar assustado. É só um treino, depois o técnico volta. Agora vai lá treinar.

Ele se juntou às outras crianças, ainda confuso. O treino correu sem problemas, com exercícios de domínio de bola, tabelas, marcação e chutes a gol de distâncias e ângulos diferentes. Na sequência, seguimos para o coletivo.Fiz uma preleção breve para ensinar rapidamente aos garotos minha mundialmente reconhecida tática da padaria, que consiste em atacar em massa e defender em bolo – amplamente adotada no futebol brasileiro, por exemplo – e para lembrá-los de que era só um treino, sem rivalidades nem brincadeiras. O placar era o menos importante, o que valia era jogar.

Depois disso, recebi um pedido do João:

Pai, no jogo você me chama de “Filhão”?

Tá bom, eu chamo. Mas por quê?

Fiquei sem resposta.

O coletivo correu sem problemas, só o João que não jogou bem. Ele estava ansioso para me agradar e não conseguia se concentrar, não queria sair de perto de mim e ficava longe do jogo. Por isso, as crianças não tocavam a bola para ele e ele ficava irritado, e isso o deixava mais ansioso e aí que ele não jogava nada mesmo.

No fim, o treino aconteceu sem que o técnico conseguisse chegar, mas isso acabou não sendo um problema. Falei com o técnico que tudo tinha ido bem e ele agradeceu. Mas sou eu quem tem a agradecer, porque me diverti muito e ainda pude conhecer melhor o time. No próximo treino ele reassume o posto mas se precisar de um auxiliar, já sabe:a gente estamos preparado aí, muito focados, coesos e imbuídos, graças a Deus, sempre prontos para assumir a responsabilidade, com muita humildade e determinação, respeitando nossos adversários e com o apoio da nossa torcida para conseguirmos nosso objetivo, que são os três pontos, se Deus quiser.

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s