É campeão!

Não, não estou me referindo ao título de Campeão Brasileiro de Futebol Americano conquistado pelo Vasco da Gama/Patriotas no último sábado, quando derrotamos o poderoso Timbó Rex por 24 x 21, com um field goal no último lance da partida. Apesar de esta ter sido uma conquista inigualável, que certamente recolocará o Vasco no caminho das glórias abundantes do passado recente, escrevo este post para falar de outra vitória, mais significativa, estrondosa, absoluta, incontestável e saborosa.

É com muita satisfação e alegria que eu comunico ao mundo que, com muita humildade e determinação, seguindo as orientações do professor, graças a Deus, conquistei, domingo, o título do Bolão Diretoria 2014!

Para vocês, pobres ígneos que não tiveram a honra de participar de tão relevante competição, explico o que é: trata-se do bolão organizado pelo Leandro, do qual participam, além dele e de mim, o David, ou seja, é a reunião do créme de la créme da crônica esportiva mundial.

O Bolão reuniu as duas modalidades esportivas sobre as quais mais entendemos no mundo (azar de quem nunca nos contratou e tem de se virar com os comentaristas que estão por aí): futebol e fórmula 1. E isso não é pouca coisa não, o Leandro sabe muito de futebol e F1 e o David, embora não se interesse tanto pelo automobilismo, manda muito bem no futebol. Então eu não enfrentei nenhum Arimatéia e Bambala não, foi briga de cachorro grande!

E desse confronto feroz, sagrei-me vencedor. Como o scout do Bolão apontou, fui quem liderou mais rodadas, o que mais fez pontos em F1 e futebol e mais pontos sem a ajuda do “DRS”, um power-up inventado pelo organizador para ajudar a agitar as coisas, que funciona nos moldes do DRS da Fórmula 1. Em outras palavras, não só ganhei, como tirei onda.

Vai ter prêmio, que eu devo receber na quinta feira, mas isso é o que menos importa. O que interessa mesmo é zoar os adversários derrotados pelos próximos dias! Ganhei! Agora é rumo ao bi!

3 comentários sobre “É campeão!

  1. Parabéns ao vencedor, mas ano que vem a concorrência vai ser mais feroz: outros feras virão para compor o grupo e disputar o título. O bicampeonato, em 2015, vai ser meu (porque ano passado eu ganhei, lembra?).

    Sabe o que me deixou um pouco incomodado? É que o vice foi o David, não você. Mas obrigado. Vamos receber nossos co-irmãos com muito respeito, porque eles vêm para engrandecer o espetáculo e elevar o nível da competição. Vamos disputar o Bolão do ano que vem com muita humildade e determinação, respeitando nossos adversários, seguindo as instruções do professor e se Deus quiser, graças a Deus, vamos conquistar nosso objetivo, que é o bicampeonato.

  2. Pingback: A zoeira não tem limites | Bobeatus Sunt...

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s