Bobeatus FM

Foi complicado, muito mais complicado do que eu esperava quando o campeonato começou. Eu imaginava – toda a torcida imaginava – que seria moleza, levando-se em conta o desempenho no campeonato estadual recentemente encerrado e o time que tínhamos, ao menos no papel. Parecia que tudo ia terminar como em 2009, quando tivemos o desprazer de disputar a Série B pela primeira vez mas fomos campeões com algumas rodadas de antecedência, sem maiores sustos. Mas não foi nada disso.

Durante a campanha deste ano, meu time em momento algum deu mostras de ser confiável, não tivemos um único jogo tranquilo, se bem que alguns foram bem tranquilos para o adversário. Nunca tivemos aquela sensação de que a situação estava sob controle. Teve troca de técnico, teve goleada em casa, teve muito sufoco, teve muita aporrinhação. Os jogadores, bons “no papel”, não conseguiram montar um time, mas alguma coisa que oscilou entre “grupo” e “bando”. Jogamos de igual para igual com times rebaixados para a Série C e, pior, não temos, hoje, a menor condição de fazer uma figura decente na Série A, ano que vem. Em termos de futebol, teremos em 2015 um ano muito mais difícil do que 2014.

A coisa está bem ruim, e ficou desse jeito porque aquele que chegou há seis anos como a renovação das políticas de várzea do clube, o caminho para a modernidade e profissionalização, se revelou um banana e um covarde e teve uma administração vergonhosa, medíocre e incompetente. O brilho efêmero de 2011 foi obra do acaso, e não de seu métodos de gestão. Roberto Dinamite jogou fora a oportunidade da sua vida de se tornar o maior mito do Vasco em todos os tempos, “O” herói, “O” eterno, “A” lenda. Hoje é possível que o clube deva mais dinheiro para mais gente do que quando ele entrou, por causa de sua inaptidão para o cargo.Talvez o que doa mais é que não temos time, não temos clube, não temos esportes amadores, não temos nada e, mais do que isso, sequer temos as finanças do clube em dia. É por isso que, ao final de seu mandato, ele sai pela porta dos fundos, e o retrocesso da volta do ex é celebrado e recebido como salvação.

Apesar disso, subimos, uma subida amarga, que deixou um sorriso amarelo e poucos motivos para comemorar. Mas voltamos, e espero que para ficar, ocupar o lugar que já ocupamos e não sair mais de lá.

2 comentários sobre “Bobeatus FM

  1. Bela escolha. A parte do “agora para ficar” é que nós vamos ter que ver em campo.

    Obrigado. Pois é…

  2. Eurico??? Salvação??? Essa eu quero ver. Boa sorte.

    Se você quer ver, vê lá e depois me conta como foi, porque eu tô fora.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s