Dia 13: que apetite!

A Copa do Mundo está se trannsformando em Copa América, Sete seleções americanas já conseguiram vaga para as oitavas de final: Brasil, México, Argentina, Colômbia, Chile, Costa Rica e Uruguai. E a classificação do Uruguai, com uma vitória de 1 a 0 sobre a Itália, em Natal, foi bem ao estilo portenho, com algum futebol e muito drama.

Os uruguaios sabiam que a classificação dependia de uma vitória sobre os italianos, e por isso jogaram como nos melhores dias da Libertadores nos anos 80. Pressioonaram, catimbaram, enrolaram… e Luizito Suárez, que fica possuído em campo, chegou ao ápice ao dar uam mordida (!) no ombro esquerdo de Chiellini, em uma disputa de bola. Tudo bem que os uruguaios tinham fome de bola, mas aí já é demais. Eu gosto da forma como Suárez se entrega em campo, como ele se encara o jogo, mas morder propositalmente o adversário ultrapassa o limite da garra e vira deslealdade.

Não que a os italianos fossem pobres vítimas inocentes em campo, porque eles também pegaram pesado: Marchisio foi expulso depois de uma falta violenta. Mas o que Suárez fez não tem justificativa. Por outro lado, isso não tira os méritos do Uruguai, que jogou melhor, buscou a vaga o tempo todo e acabou conseguindo no final do jogo, para desespero da Itália, que só dependia de um empate – talvez tenha sido esse o problema.

Com Balotelli jogando muito mal, Pirlo bem marcado e o rdesto do time rendendo bem menos do que o esperado, a Itália não conseguia jogar e em momento algum pareceu capaz de conseguir a vaga nas oitavas. O gol sofrido aos 35 do segundo tempo só fez aumentar o desespero, mas não havia mais nada a fazer. Foi a segunda eliminação consecutiva na primeira fase, que não só coloca em cheque o papel do grandes jogadores de clubes que não correspondem em Copas, como Rooney e Balotelli, como provocou a demissão do técnico e do presidente da Federação Italiana de Futebol.

Quanto ao Uruguai, é possível que Luizito Suárez seja punido pela mordida que deu. Pode até ser excluído da Copa. Eu acho que essa atitude não pode ficar impune, porque coisas assim não acontecem mais nem na Libertadores, mas independentemente disso, eu tenho de reconhecer uma coisa: os jogos do Uruguai em Copas do Mundo são legais pra caramba.

3 comentários sobre “Dia 13: que apetite!

  1. Eu li um negócio interessante sobre o Balotelli: ele é um Maicosuel com grife. Talvez nem isso. E isso me faz pensar que a Itália fez bem em se retirar do mundial na primeira fase.

    Ótima comparação. A Itália saiu porque jogou mal, e que não tem competência que não se estabeleça.

  2. Na boa, a geração da Itália é muito ruim. Não é só pelo Balotelli não. Fora o Pirlo e o Buffon, é todo mundo muito ruim de bola. Portugal e Inglaterra idem – esses de longa data, desde os idos dos anos 60/70. Quando essa Copa acabar, acho que falaremos o mesmo do Uruguai.

    Pirlo, Balotelli e Buffon são os pontos fora da curva em uma seleção medíocre, assim como CR7. Rooney, nem isso. Portugal, Itália e Inglaterra não vão fazer a menor falta nesta Copa.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s