Dia 10: aftas ardem, hemorróidas idem

Que sufoco, hein, Alemanha? Foi enfrentar Gana achando que ia se dar bem e quase levou uma trolha digna do Kid Bengala. Eu confesso que esperava mais, especialmente depois da boa exibição diante de Portugal, tanto que tinha apostado em uma vitória sua no Bolão, mas aquele primeiro tempo caído me deixou com a pulga atrás da orelha.

Tudo bem que o segundo tempo foi muito melhor, mas não era pra jogar tão murcha e sem vibração, nem era pra você levar uma virada de Gana (ui). Sorte sua que Klose estava lá para arrumar a casa e, de quebra, igualar o Ronaldo como maior artilheiro das Copas, o que não é pouca coisa. Agora só falta um golzinho pra marca ser só dele, e duvido que haja um único brasileiro que não esteja torcendo para que esse gol saia logo.

Mas nem tudo está perdido: a zebra foi espantada, você tem quatro pontos e dorme como líder do grupo. E se os Estados Unidos ganharem de Portugal, amanhã, sua classificação para as oitavas estará assegurada, graças, principalmente, ao saldo de gols que você fez justamente em cima dos lusos. Não é aquelas coisas, mas também não é grande coisa.

Sua atuação só não foi mais decepcionante do que a da Argentina, que sofreu para ganhar do Irã (!), depois de ter sido dominada no segundo tempo e só conseguir sair do sufoco com um gol achado do Messi aos 46 do segundo tempo. Nossos vizinhos não apresentaram, até agora, um futebol verdadeiramente competitivo, mostraram ser excessivamente dependentes do Messi, que até escala o time, e se continuarem assim não vejo vida muito longa para eles nessa Copa não.

Eu queria entender essa irregularidade. Não só sua, é verdade: o Leandro já notou que a maioria das equipes não tem conseguido repetir na segunda rodada a atuação da primeira rodada, para o bem e para o mal. Isso nivela os times, o que é complicado, porque qualquer descuido pode ser fatal. Principalmente para uma seleção que chegou ao Brasil como favorita ao título, e estreou mostrando um futebol condizente a esta expectativa, mas ficou devendo muito com a apresentação de ontem.

Espero que o susto tenha incomodado e lhe sirva de lição para que você entenda que favoritismo no papel é legal, mas não significa nada se não for traduzido em resultados no campo. Porque tem várias seleções aí que também querem ganhar a Copa, e se você der mole elas tomam seu lugar, com ou sem favoritismo.

Um comentário sobre “Dia 10: aftas ardem, hemorróidas idem

  1. Menos. Essas seleções aí querem sim ganhar a Copa. A maioria delas, nem assim vai conseguir.

    São várias mas não são todas, é claro.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s