Dia 2: goleada holandesa

Salvador teve a honra de ver o melhor jogo dos quatro realizados até agora na Copa do Mundo. Na reedição da final da Copa de 2010, a Holanda teve uma exibição de gala e esmagou a campeã do mundo com um sonoro 5 a 1 inapelável. Robben e Van Persie acabaram com o jogo, que reforçou a impressão de que o “tic-taca” espanhol está dando sinais de cansaço, ainda que agora a Espanha tenha um centroavante.

No início do jogo a Espanha estava nitidamente melhor na partida; depois, porém, ligaram o disjuntor da Holanda e o que se seguiu foi um passeio. Van Persie empatou no final do primeiro tempo, com uma cabeçada acrobática, pegando Casillas adiantado (uma das duas falhas grosseiras do goleiro campeão no jogo), e no segundo tempo não teve para ninguém. Robben fez dois na base da velocidade (um deles atravessando quase todo o campo aos 35 do segundo tempo, fechando a goleada e surgindo como o personagem da Copa até agora; Van Persie mostrou mais uma vez sua incrível habilidade de se posicionar bem em lançamentos longos e saber onde o goleiro está, marcando um gol que vai ser repetido no futuro naquelas imagens motivacionais de Copas. E cabiam mais gols, que só não aconteceram porque o Casillas se redimiu, em parte, das falhas anteriores.

A Holanda surpreendeu por sua velocidade e agressividade, não tendo desistido de atacar a Espanha até o final do jogo, mesmo depois de ter conseguido virar o placar e garantir a vitória; já a Espanha também surpreendeu por ter sido dominada tão amplamente no segundo tempo, porque há muito tempo não jogava perdia um jogo desse jeito, goleada e jogando mal. Foi a pior goleada sofrida em uma Copa do Mundo desde os 6×1 sofridos diante do Brasil aqui mesmo, no Maracanã, em 1950 – ainda bem, para a Espanha, que Copa no Brasil é só de 64 em 64 anos. Tudo bem, foi só o primeiro jogo, ainda pode acontecer muita coisa, mas se Espanha e Holanda mantiverem esse ritmo, sei não… periga termos outra campeã do mundo eliminada na primeira fase e conhecermos outro forte candidato ao título.

No outro jogo do dia, o México foi prejudicado pela arbitragem, que anulou mal dois gols regulares, e jogou o bastante para ganhar de um time de Camarões que, parece, veio só fazer número mesmo. Foi uma partida interessante, mas nada de mais. Por outro lado, deu pra notar uma grande evolução dos mexicanos desde a fraca atuação na Copa das Confederações, ano passado. O jogo da próxima terça não vai ser tão fácil quanto eu pensava antes.

Finalmente, Chile e Austrália fizeram uma partida de certa forma decepcionante. Não pelo resultado, que foi o que eu esperava (mas eu errei o placar no bolão, marquei 2×0), mas porque, depois de fazer dois gols em dois minutos e estar ganhando por 2×0 em apenas quatorze minutos, parecia que oura goleada aconteceria. Mas os chilenos aos poucos pararam de jogar e a partida ficou arrastada. Parecia que eles estavam satisfeitos com o resultado e deixariam o tempo passar, esperando só o final do jogo. Aí a Austrália achou um gol e se empolgou, e quase empatou em mais de uma oportunidade – só não conseguiu por falta de categoria de seus jogadores mesmo, mas merecia. No fim, um terceiro gol do Chile serviu para aumentar o saldo e quebrar a escrita de 52 anos desde a última vez em que haviam feito 3 gols em uma partida de Copa do Mundo.

Um comentário sobre “Dia 2: goleada holandesa

  1. Nesse dia, depois da goleada da Holanda, qualquer jogo foi uma bosta. Aliás, até a fase eliminatória, é provável que seja assim. Qualquer jogo será comparado ao da Espanha x Holanda.

    Calma, rapaz! Os jogos têm sido bem melhores do que a encomenda!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s